Bem-vindo a pagina dos colecionadores de frutas!

ATUALIZADO EM 28/08/2017

Em 2.014 tínhamos 1311 espécies. Agora são 1.386 espécies

 

image001

 

Nessa pagina você encontrará 1.386 espécies frutíferas arbóreas, arbustivas, trepadeiras e epífitas agrupadas em 103 famílias botânicas. *observe a nota no fim da tabela.

Na primeira coluna está o numero de 1.035 espécies frutíferas NATIVAS de cada família.

Na segunda colona está o numero de 351 espécies frutíferas EXÓTICAS de cada família.

Na terceira coluna está o nome latino para cada família ou grupo.

Na quarta coluna está a etimologia do por que do nome escolhido para cada grupo.

Tenha prazer na Botânica!  

 

Quantidade

NATIVAS

Quantidade

EXÓTIVAS

Nome da família

Etimologia ou significado e outros detalhes

01

Acanthaceae

Família formada em 1.789, calcado do latim acanthus que significa espinha dorsal, fazendo alusão a algumas plantas dessa família que tem espinho no dorso das nervuras centrais das folhas.

01

02

Acharidaceae

Vem do grego Charão literalmente coberto, sendo essa a principal característica da dos frutos que são cobertos de cerdas, acúleos ou alas.

 

01

Actinidiaceae

Foi criado por Browne, em 1756, do grego aktís,aktînos 'raio luminoso, raio solar, referindo a capacidade dessas plantas ou reações químicas bem evidentes, por ex. o Quiuí ou Kiwi que remove a ferrugem   

01

Adoxaceae

Família criada em 1.853 cujo nome origina-se do grego gr. ádoksos,os,on que significa em glória, obscuro, vulgar, comum. Por causa de algumas espécies de Viburnum com hábitos dominantes.

15

15

Anacardiaceae

Anacardium vem do latim e significa ANA: igual ou como, CARDIUM: Coração,  em virtude do formato do fruto, principalmente do Cajú 

52

20

Annonaceae

deriva de ANNON que vem do grego e quer dizer: produção anual ou provem dum nome nativo dos Andes para a fruta que é ANÓN 

09

06

Apocynaceae

Vem do grego apókunon,ou apocino ou seja “Planta que mata cachorro” devido ao látex de algumas espécies ser tóxico e venenoso.

09

02

Araceae

deriva-se to termo latino ARÃO que significa Jarro, em alusão a semelhança de uma grande petala da espádice floral de algumas espécies 

02

Araliaceae

01

01

Araucariaceae

 Vem do Nome de uma região do Chile chamada Arauco, lugar onde foi coletado pela primeira vez a arvore designada Araucária.  

34

06

Arecaceae

Deriva-se do nome aborígine da Índia sulista para uma palmeira chamada ADAKKA do qual se originou os termos latinos ANGIO e posteriormente ARECA que significa receptáculo ou barco, aludindo assim a semelhança da espádice das palmeiras como um barco cheio de sementes. 

01

 

Asparagaceae

 

01

01

Berberidaceae

Vem do grego berbérion que significa veste grosseira, referindo-se a muitos espinhos que recobrem plantas dessa família.

03

04

Bignoniaceae

Gênero latino criado em 1735 (Bignonia), em homenagem ao bibliotecário real francês . J.P. Bignon (1662-1743)

13

03

Boraginaceae

vem da palavra latina “borra” que segundo (COSTELLAZZO e ZOLLI, 1979-88), indica a grande pilosidade (penugens marrom) que cobre ou reveste as folhas, flores e troncos das plantas dessa família. 

40

Bromeliaceae

Foi dado em homenagem ao botânico sueco Olaf Bromel (1639-1705) que coletou plantas durante 11 anos no Paraguai, juntamente com seu amigo Balansa.

03

01

Burseraceae

Bursera, gênero criado em 1762 em homenagem ao naturalista alemão Joachim Burser (1593-1689)

32

19

Cactaceae

CACTUS deriva-se do grego KAKTUS palavra que originou dos termos KAKOUM e KAKOSUSTHAI que significa “ferir e tratar mal” por causa dos espinhos causticantes.  

02

Calophylaceae

03

Cannabaceae

Vem da palavra CANNABIS, latinizada do nome Grego cânhamo, isto é, entorpecente para a infeliz maconha.  

05

Capparaceae

03

CARDIOPTERIDACEAE

Família formada com gêneros de icacinaceae, passou vigorar taxonomicamente em 1.836 com plantas de origem africana. O nome deriva-se do latim CARDIO – coração e do grego PTERO pena, pluma em alusão a disposição das flores num só eixo.

07

08

Caricaceae

Foi posto por Linneo e provem do nome asiático para o figo que é CARICA, referindo-se a semelhança das suas folhas.

 03

Caryocaraceae

Vem do grego CARYON que significa “noz ou núcleo”  e CARA- “cabeça” talvez para lembrar os espinhos sobre o núcleo ou fazendo alusão do cabelo sobre a cabeça, sendo esta a principal característica das espécies dessa família que tem densa cobertura de pelos ou espinhos cobrindo a semente.

 19

Celestraceae

Vem do grego CELASTRO – tumor e inchação, aludindo aos entrenós acrescidos e característicos das trepadeiras dessa família ou a uma planta de nome Kélástros da qual era utilizada na cura de hérnias na Grécia antiga.

13

01

Chysobalanaceae

Vem das palavras gregas khrusós – ouro + bálano – bolota grande, referindo-se aos frutos grandes de coloração amarelada.

13

10

Clusiaceae

É um alatinamento do nome do botânico francês Charles de Lécluse (1526-1609) uma honraria.

08

02

Combretaceae

Vem do gênero latino Combretum criado em1.737 que significa junco ou cana, por causa da madeira ou ramos escandentes das plantas dessa família e ou por causa de espécies Mangue branco (laguncularia racemosa) e Conocarpus erecta que ocorre em em Mangues, onde ocorre os Juncos.

02

CONVOLVULACEAE

Família criada em 1.789 e o nome deriva-se de uma palavra latina que significa envolver enrolar descrevendo a característica das plantas trepadeiras dessa família que se enrolam sobre qualquer suporte

 

01

Cornaceae

01

COSTACEAE

Significado desconhecido.

11

03

Cucurbitaceae

Vem do termo latim CUCURBITA que descreve a forma alongada e esférica dos frutos dessa família.

 

01

CUNONIACEAE

 

01

CYCLANTACEAE

Nome criado do gênero latino Cychantus em 1.824, derivando-se das palavras CICLO – esfera circulo e ANTO – rebento, broto ou flor, em alusão as inflorescências globulares das plantas dessa ordem. 

01

01

Dilleniaceae

Foi dado por Linnaeus em homenagem ao Botânico Alemão JOHANN JACOB DILLEN que publicou em 1732 a Hortus Elthamensis, uma enciclopédia botânica de plantas raras. 

05

08

Ebenaceae

Provém do Ébano em grego ebenos, que é nome duma arvore de madeira branca de cerne negro e duro excelente para polimento que nasce especialmente na Índia .

 

04

Elaegnaceae

Vem do Grego ELAEO que é o nome da Oliveira e Gnus do latim –folha, por causa da semelhança das folhas de algumas espécies com a oliveira.  

01

02

Elaeocarpaceae

Vem do Grego ELAEO que é o nome da Oliveira e CARPUS vem do Termo grego Carpo para fruta, indicando a semelhança de alguns frutos dessa família com a Azeitona da oliveira.

 

01

 

Ephedraceae

 

01

02

Ericaceae

Gênero criado por Linneu, em conexão com a palavra grega ereíkó quebrar, dilacerar, reduzir a pó, em função de algumas plantas dessa família serem usadas para dissolver cálculo renal.

04

01

Euporbiaceae

Foi dado segundo Plínio, pelo rei Rei Mouro JubaII que viveu em 30 antes de Cristo como homenagem ao seu médico Euphorbus, que descobriu as propriedades medicinais da Euphorbia resinifera. 

44

04

Fabaceae -leguminosas

Vem do latim Faba traduzido favas, em virtude da maioria das plantas produzirem favas ou vagens com suco aquoso quando verdes ou quando maduros. 

 

02

Fagaceae

Vem dum antepositivo grego  phágó que significa comer, por causa de castanhas produzidas por arvores dessa familia. Lineu (1707-1778) consagra Fagus como nome de gênero, de que se fez, em 1829 o nome desta familia.

 

04

Junglandaceae

Junglas é um nome latino e antigo para arvores produtoras de nozes, sendo essa a principal característica da maioria das arvores aqui agrupadas.

05

01

Lamiaceae

Provém do grego lamia –lamina ou labium- lábios, referindo a corola (invólucro externo da flor) cujas sépalas têm laminas distribuídas como lábios superpostos, sendo essa uma característica marcante nesta família.

 

01

LARDIZABALACEAE

Nome criado a partir do gênero Lardizabala (2 trepadeiras de frutos comestíveis existentes no Chile), cujo nome foi dado em homenagem ao naturalista espanhol  Miguel Lardizabala y Uribe.

05

08

Lauraceae

Vem do nome latino LAURUS que significa “vitória, sucesso e triunfo”, pois na civilização Grego-Romana o prêmio mais cobiçado pelos atletas vitoriosos era receber uma coroa com os ramos de uma planta de folhas aromáticas nativa do mediterrâneo e cultivada a séculos e que recebeu o nome de louro ou laurus pelo destacado aroma. 

07

Lecythydaceae

Provem do grego lékithos,ou gema de ovo, vitelo, nesso caso refere-se  como a lecitina ou lécito que é a parte do óvulo que contém as reservas nutritivas, sendo que as arvores agrupadas nessa família produz sementes com essas reservas nutritivas. 

 

02

LILIACEAE

Essa família foi criada em 1.789 e provem do latim liliatum – canteiro de lírios, em alusão a distribuição superior das flores na maioria das espécies.

04

02

Loganiaceae

O Gênero Logania foi criado em 1.810 pelo botânico Irlandês Jaime  Logan ( 1674-1751), esse nome classifica uma substancia, a Loganina que funciona como intermediária na biossíntese dos alcalóides indólicos muito comuns nas plantas agrupadas nessa família.

 

 

02

Lytraceae

Provém do gênero Lythrum nomeado em 1735 e derivado da palavra grega Lython que significa “mistura de sangue” em alusão a cor vermelho púrpura das flores da planta desse gênero. 

01

Magnoliaceae

O termo magnolia, foi cunhado por Charles Plumier em homenagem ao botânico francês Pierre Magnol (1638-1715), a partir daí virou sinônimo de beleza, sendo essa a principal característica das flores das arvores aqui agrupadas.

24

07

Malpighiaceae

Foi dado em homenagem ao botanico e professor italiano Marcelo Malphige (1628 a 1694) que escreveu uma ópera em homenagem às plantas. 

14

08

Malvaceae

Vem do nome latino malvae que “significa muitas cores” essa palavra descreve bem os diversos tons das folhas dessa familia e o nome vem da Malva (Athaea rosa) que produz flores com vários tons de cores e é originaria dos Bálcãs e muito cultivada em todo o mundo como ornamental. 

02

Marcgraviaceas

10

Melastomaceae

Vem do grego Melas - preto e Stoma - boca; pois a boca fica preta ao se comer frutos de algumas espécies.

02

02

Meliaceae

Vem do nome grego do Freixo por causa da semelhança das folhas. Melía deriva de méli,itos mel; a relação se dá pelo fato de vários freixos apresentarem sucos adocicados, bem como varias espécies agrupadas nessa família.

06

Memecylaceae

Criada pelo botânico Augustin Pyramus de Candolle, (1778-1841) a partir do gênero Memecylon, da família das melastomáceas e que vem como do latim e quer dizer “Fruto do Medronheiro”. 

 09

Menispermaceae

O gênero Menispermum calcado do grego em 1.735, vem das palavras Mêné,és - lua e Spérma – grão ou  dente em alusão às folhas dessas plantas terem a forma de lua e as sementes serem dentadas.

03

Monimiaceae

22

12

Moraceae

Vem do nome Latino Morus para Amoreira 

 

01

Muntingiaceae

Foi dado por causa do gênero Muntingia nomeado em 1735, homenageando o botânico holandês Abraham Munting que viveu no século 17.  

41

Musaceae

Vem do termo grego MUSA mulher, dado em homenagem a deusas de belas artes (Calliope, Clio, Erato, Urania, Euterpe, Polyhymnia, Thalia, Melpomene, e Terpsichore). Esse nome também faz alusão a dilatação da flor ou coração da banana ao emergir, em vista da dilatação que ocorre nas mulheres no ato de dar a luz. 

268

19

Myrtaceae

Provém do Grego Myrtos que quer dizer perfume, aludindo ao óleo aromático que se encontra nas folhas e o aroma exalado pelas flores das plantas dessa família.

03

Nictaginaceae

02

Olacaceae

O gênero Olax criado em 1.747, vem da palavra latina ólace – alho, em alusão ao aroma de alho das folhas e frutos de algumas espécies usadas como condimento.  

02

01

Oleaceae

 

01

Onagraceae

Vem do grego Oînos – vinho e Theráo – caçar, em alusão a coloração das flores dessas plantas que atrai ou caçam inúmeros polinizadores  (Em duvida quanto ao significado)

02

Opiliaceae

Vem do gênero Opilia, duas plantas do velho mundo com propriedades medicinais desobstruinte, pois o gênero se origina do latim Opillo que significa arrochar ou fechar.

01

01

Orchidaceae

O termo Orchis foi criado pelo botânico francês Tournefort (1656-1708) a partir do grego Órkhis que quer dizer “planta bulbosa”. 

 

01

Oxalidaceae

Vem do radical grego Oksalís que significa azedo, descrevendo a característica do acido oxálico produzido por esses vegetais usado como reagente, removedor de tintas e anti-coagulante sanguíneo. 

 

02

Pandanaceae

Vem do nome de uma arvore africana dessa familia mubanda (Brachystegia spicaeformis) ou simplismente PANDA, referindo-se a pirenos grandes dessa planta usados como cortiça ou bóia. 

 32

Passifloraceae

Foi dado formalmente por Linmeo em 1753 e deriva-se das palavras latinas PASSI-ÓNIS – paixão e FLOS ou FLÒRIS - flor, em alusão a Paixão de Cristo. 

02

05

Phyllanthaceae

Vem do gênero Phyllanthus, do latim  e significa literalmente flor na folha, pois as flores dessa espécie saem no ramo ou haste das folhas como é o caso da erva chamada  “quebra-pedra” (phyllanthus amarus). 

 02

Phytolacaceae

Provem do grego  Phyto –  uma planta que cresce rápido ou uma erva encontrada no caminho, e Lacca – tumor inchaço, referindo-se a espessura dos ramos das ervas ou grossura dos troncos das arvores desta família. 

07

01

PIPERACEAE

A família foi criada em 1.824 e o nome vem do latim piper e quer dizer apimentado em razão da maioria dos frutos dessa família terem essa característica.

02

02

PODOCARPACEAE

Família criada em 1.846 calcada do gr. poús,podós 'pé, em alusão ao pedúnculo carnoso do fruto.

08

Polygalaceae

Vem do grego Poli –abundante + Galact – leite ou látex, referindo a um tipo de leite ou resina abundante em certas espécies dessa família.  

 06

Polygonaceae

Vem do Grego Polúgonon de polus numeroso. Pois as suas flores tem múltiplos ângulos e os frutos são trigonal, ou seja com três ângulos, bem como suas sementes são poligonais com varias testas.

04

01

Primulaceae

02

01

Proteaceae

Vem do Grego proteios – relativo a proteína, em alusão as amêndoas comestíveis ou em homenagem a Proteu o deus do mar.  

08

04

Rhamnaceae

Vem do adjetivo latim ramosus que significa ramos longos unido ao nome grego Rhámnos do Abrunheiro espinhoso, aludindo os ramos finos ou espinhosos das espécies agrupadas nessa classificação. 

08

12

Rosaceae

Vem do latim Roseus que se refere à cor rosa derivando-se também do grego Rhódon que se refere à geometria ou roseta de uma flor da qual se agrupam elementos radicais formando um circulo em volta dum núcleo ou eixo central; aludindo assim, a simetria ou formação das flores das espécies agrupadas nessa família. 

38

05

Rubiaceae

Vem do latim RUBIDUS que significa algo furado, enferrujado ou poroso como um biscoito, característica esta bem evidente quando a madeira é cortada, pois a casca interna exsuda seiva avermelhada em esporos esparsos. 

 

28

Rutaceae

Vem da palavra latina para a conhecidíssima arruda que provem de RUTA que significa amargo, qualidade esta presente em substancias dos frutos e das folhas. 

01

 

Sabiaceae

 

10

06

Salicaceae

Vem do nome grego para a arvore do Salgueiro Salix que significa “varinha” descrevendo a característica de ramos finos e longos do salgueiro e outras plantas dessa família.

02

Santalaceae

Provem do nome sânscrito Candana para uma arvore que deu origem ao termo Grego Sandanon, e o nome latino Santalum.

21

06

Sapindaceae

Provem do latim Sapindus Sapo - sabão, + indus - da índia, nome dado a saboneteira que produz frutas ricas em saponina, substância outrora utilizada na fabricação do sabão. 

53

17

Sapotaceae

Vem do nome de uma fruta chamada Sapota ou Zapote que tem origem da língua indígena náuatle,  tzápotl que significa goma ou leite de mascar em alusão a seiva leitosa das arvores dessa família. 

 

01

Scropulariaceae

O nome vem do latim Scrofulae ou escrófula – que significa enfermidade, em alusão a uma doença dos porcos que tinham uma intumescência dos gânglios do pescoço, muito semelhante a intumescência nos nós das plantas dessa família.

01

 

SCHOEPFIACEAE

 

03

SIMAROUBACEAE

O nome provém do nome CHIMALOUBA de origem indígena que deu nome a esta família em 1.811. O nome significa “raiz amarga” devido a substancia amarga e medicinal presente nas arvores e frutos.

04

SMILACACEAE

Família criada em 1.799 e calcado do smîlaks,akos nome nativo de uma trepadeira espinhosa comuns sobre os carvalhos europeus da região do mediterrâneo.

35

06

Solanaceae

O gênero SOLANUM criado em 1.735 derivou-se do verbo latim solari que significa consolar ou aliviar devido às propriedades já mencionadas. 

03

Styracaceae

O nome da Família vem da arvore Storaque que é produtora de incenso ou perfume.

02

 

Symplocaceae

 

01

THYMELIACEAE

O nome foi criado em 1.789 e muitos gêneros dessa família foram desmembrados de Euphorbiaceae. O nome deriva-se do grego Thumiao – perfumar, incensar, porque varias espécies são produtoras de insenso. 

07

01

Urticaceae 

O gênero Urtica estabelecido por Lineu em 1.735, vem do latim urère - queimar, por causa  das queimaduras e erupções provocadas pela urtiga.

05

04

Verbenaceae

Vem do Céltico Ferfaen – conduzir pedra, porque uma planta com esse nome tinha propriedades medicinais de tirar pedra da bexiga.

01

Violaceae

08

02

Vitaceae

Vem do latim Vitis – Haste ou ramo comprido, isso porque quase todas as plantas dessa família são trepadeiras.  

01

02

Zingiberaceae

Vem do latim zingiber – raiz aromática, uma característica das plantas dessa família. 

1.035

351

Total de 103 famílias

Até 2.010 tinhamos 971 espécies 

Em 05/10/14 eram 1.005 Exóticas) 

Em 05/10/14 eram 306 Exóticas) 

Espécies de frutas 

Nativas, Raras e Exóticas cultivadas.  Total em 28/08/2017 = 1.386.

Tínhamos 1.311 em 05/10/14

 

* não se engane, pois colecionar espécies é preservar a biodiversidade, colecionar variedades criadas pelo homem é decretar a morte da biodiversidade e riqueza existente no planeta que está sendo perdida; mas poderá ser salva se cultivarmos por sementes!

 

Os preços e disponibilidade das mudas devem ser consultados por e-mail-  hnjosue@ig.com.br

 

PARA SABER MAIS SOBRE VISITAS A PROPRIEDADE CLIQUE AQUI

 

PARA SABER MAIS SOBRE COMO  ADQUIRIR MUDAS, CLIQUE AQUI

 

Maiores informações pelo telefone (15) 98132 5140 falar com Helton Josué.

                                            

 VOLTAR PARA PAGINA INICIAL

 

Observações: Os significados etimológicos são dados de extensa pesquisa em diversas publicações como:

Dicionário Houaiss de Língua Portuguesa

Colecionando Frutas V-1 Autor Helton Josué Teodoro Muniz

Novíssimo Dicionário Latino-Portugues – F.R. dos Santos Saraiva, Livraria Garnier 1.993. 

 

 Todos os direitos autorais reservados @ - 2017.